Queda de Cabelo

O segredo dos tratamentos para a queda de cabelo

Apreda os segredos do tratamento de queda de cabelo neste post

Existem inúmeros tratamentos para a queda de cabelo e que você pode fazer em casa. Alguns hábitos saudáveis também são fundamentais.

Quem é vaidoso sabe o quanto o cabelo é importante para a estética. Até aqueles menos vaidosos dão importância para que as madeixas estejam sempre no lugar. A queda de cabelo é algo que incomoda a qualquer um, pois são símbolo de beleza estética.

Muitos são os fatores que levam à perda de cabelo, entre as mais comuns estão a genética, mudanças hormonais, distúrbios como anemia e hipotireoidismo. Mas é preciso ficar atento, pois a causa da queda de cabelo no sexo masculino muitas vezes é diferente do feminino.

Atualmente existem muitos tratamentos para a queda de cabelo e é exatamente sobre isso que vamos falar nesse artigo. Então prepare-se para ficar por dentro de tudo. Vamos à leitura?

Dicas como para a queda de cabelo de forma rápida e eficiente

Parar a queda de cabelo urgente

Entre algumas formas de tratamentos para a queda de cabelo estão algumas ações que podem fazer parte da sua rotina. O primeiro passo é ter um dia tranquilo, sem estresse. Coisas simples do cotidiano influenciam e muito na saúde do seu couro cabeludo.

Evitar deixar o cabelo preso todos os dias e o tempo todo, favorece a alopecia, um dos tipos de queda de cabelo. Prender o cabelo muito forte, cria uma tensão entre a raiz e os fios danificando a fibra capilar e enfraquecendo os fios.

Uma alimentação balanceada, rica em vitaminas e ácidos graxos também faz parte dos tratamentos para a queda de cabelo. Não esqueça também de sempre secar os cabelos antes de dormir. Deitar-se com eles úmidos causam problemas no couro cabeludo.

Usar secador muito próximo dos fios também é um item proibido para quem quer fazer um tratamento para a queda de cabelo. Ferramentas de calor potencializam o problema e deixam a fibra capilar debilitada e sem força. Não esqueça sempre de hidratar, nutrir e reconstruir os fios com tratamentos.

Mas não compre remédio para calvície ou faça qualquer tipo de tratamento para queda de cabelo sem antes consultar um dermatologista para saber qual a causa do problema. Muitas vezes eles podem estar ligados à fatores hereditários. Cada causa exige uma forma diferente de tratar. Entenda a seguir quais os fatores que podem levar ao problema.

Fator hereditariedade

Segundo a Academia Americana de Dermatologia, a perda de cabelo intensa atinge, em média, 2 bilhões de pessoas em todo o mundo. A hereditariedade é um dos principais fatores, pois promove a atrofia dos folículos capilares e acelera a queda definitiva. A alopécia masculina com causa genética pode ser pausada com tratamentos específicos para a queda de cabelo.

Alterações hormonais

Os hormônios também é um fator causador da queda dos fios. Estas substâncias têm a capacidade de alterar as condições do organismo, inclusive o couro cabeludo, modificando a textura dos fios e enfraquecendo o sistema imunológico.

Os hormônios também promovem a atrofia dos folículos capilares acelerando a queda. Entre os tratamentos para queda de cabelo é manter o nível normal. Primeiro de tudo, você deve identificar qual taxa de hormônios está desregulada e pedir ao médico o tratamento adequado para regular o nível.

Alimentação errada

A má alimentação e dietas restritivas são fatores que influenciam diretamente na calvície. A falta de ferro é uma das principais causas. São eles que nutrem os folículos capilares, deixando os fios mais firmes e com brilho. Outros minerais como selênio, zinco, cálcio e silício também não podem faltar na sua dieta.

Vitaminas (do complexo B, E e C), proteínas e grãos integrais são benéficos para fortalecer os fios e evitar a queda de cabelo. A dica e inserir esses nutrientes na sua alimentação. Carne vermelha, frutos do mar e leite são exemplos do que ter sempre presente no seu cardápio durante os tratamentos para a queda de cabelo.

Química e excesso de calor

Excesso de química enfraquece os fios mudando a cor e a textura trazendo efeitos colaterais danosos para os folículos capilares e ao couro cabeludo. O que piora a situação é não fazer o tratamento pós-química. Sempre que qualquer produto seja utilizado no cabelo, é fundamental fazer uma reposição imediata de nutrientes perdidos durante os processos de tinturas, descoloração e alisamentos.

Quem frequenta piscinas também sofre com a química utilizada para tratar a água. Faz com que os cabelos fiquem fracos e quebradiços, além de provocar ressecamento. Utilizar touca protetora é uma ótima dica para tratamento para a queda de cabelo em quem costuma nadar em piscinas.

Outro fator perigoso para a queda de cabelo é abafar o cabelo ou usar calor excessivo nos fios. O abafamento causado por bonés, chapéus e outros acessórios provocam a produção de oleosidade e o entupimento dos poros. Já o calor excessivo e a umidade no couro cabeludo promovem o aparecimento de caspas e outros fungos.

Vírus e bactérias

A sífilis é uma doença causada pela bactéria treponema pallidum, que após invadir seu organismo suscita em manchas na pele e queda de cabelo.  A micose é causada por um fungo que não atinge somente as unhas mas também o topo da cabeça, gerando uma descamação que tira a estabilidade dos fios. Além disso, deixam a área mais oleosa.

A tínea capitis é uma infecção causada por fungos, que afeta em sua maioria, as crianças, mas os adultos também podem sofrer com o problema. No início aparecem pequenas manchas vermelhas na pele que progridem formando regiões arredondadas de calvície. Causam coceira, inflamação e formação de crostas.

Outro problema causado por fungos é a Pitiríase versicolor. Eles habitam a nossa pele, podendo se multiplicar e causar sérios problemas formando manchas amareladas. Causam coceiras e queda de cabelo na área afetada.

Anemia

É uma doença causada pela deficiência de ferro no organismo. Esse mineral é essencial para a produção de glóbulos vermelhos. A anemia indica que falta hemoglobina suficiente, dificultando o transporte de oxigênio para as células do corpo, deixando os cabelos mais fracos e quebradiços.

Estresse

Estresse físico e mental são causadores da queda de cabelo também. O choque do estresse pode trocar o ciclo dos fios fazendo com que caiam. Nem sempre ele é a principal causa da queda, mas pode ser agravante em casos que já exista o problema por outro motivo.

Medicamentos

Alguns medicamentos como antidepressivos, remédios para pressão alta e anticoagulantes tem como efeito colateral a queda de cabelo. Tratamentos contra o câncer, como quimioterapia e radioterapia também  são causadores da calvície. Isso ocorre por que eles não sabem distinguir o que é câncer e o que não é. Atacam as células que se multiplicam rapidamente, como os folículos capilares.

Existem muitos outros medicamentos que fazem os fios caírem. Confira a lista abaixo:

  • AAS (ácido acetil salicílico)
  • Albendazol
  • Antialérgicos
  • Amiodarona
  • Anfetaminas
  • Antagonistas de tireóide
  • Antibióticos (gentamicina, penicilamina)
  • Anticoagulantes (heparina)
  • Anticoncepcional, androgênios
  • Antidepressivos (amitriptilina, prozac, anafranil)
  • Rozac, anafranil
  • Betabloqueadores (propranolol, metoprolol), Ieca (captopril, enalapril), Metildopa, diuréticos (hidrocloritiazida)
  • Carbamazepina, ácido valpróico
  • Cimetidina, omeprazol, anzoprazol
  • Citostáticos
  • Doxepine
  • Levodopa
  • Lítio
  • Vitamina A ou retinoides (isotretinoína, acicretina)

dicas de como cuidar do cabelo quando se está stressado

Queda de cabelo por estresse, como tratar?

A alopécia androgenética ou areata pode ser causada pelo estresse, que inibe o desenvolvimento dos fios e aumenta a inflamação fazendo com que os cabelos se desprendam com mais facilidade do couro cabeludo.

Existem variados tipos de tratamentos para a queda de cabelo. A mais comuns são feitas por soluções capilares, mesoterapia, shampoos, ingestão de vitaminas, implante capilar, entre outros.

Diagnosticando o início da queda de cabelo

Perdemos em média 100 fios de cabelo por dia, e isso faz parte do ciclo de crescimento dos fios. Quando esse número aumenta é sinal de que existe algo de errado. Observe se após passar o pente há uma grande quantidade de fios no chão, ou no ralo.

Um teste pode ser feito: passe os dedos entre os cabelos várias vezes. Observe a quantidade de fios, caso for mais que seis, é sinal de que o cabelo está caindo mais do que deveria.

Identificando a queda de cabelo por estresse

Durante o período de estresse há um aumento da produção de estriol no organismo. Essa substância bloqueia a entrada de nutrientes na região capilar, interrompendo o crescimento. Além de enfraquecer pela falta de nutrientes, causando a queda.

Para saber se o estresse é o causador do seu problema, e começar o tratamento para a queda de cabelo mais adequado, você precisa realizar exame de sangue. Nele você vai saber se falta alguma vitamina, ferritina ou distúrbios hormonais. A falta de vitaminas também pode aumentar o nível de estresse.

Os exames que podem ajudar a diagnosticar a queda de cabelo por estresse são: células LE Pesquisa, FAN (fator anti nuclear), glicose, TSH Ultra sensível, T4, T3, zinco, FTA-ABS (lgG), VDRL -LUES, Lipidograma completo, Ferritina, hemograma completo.

Remédios para queda de cabelo por estresse

O dermatologista vai receitar remédios e suplementos vitamínicos como Pantogar ou Energion ByStress, por exemplo. Eles ajudam a combater a inflamação capilar, melhoram a circulação sanguínea e melhoram o desenvolvimento e crescimento dos fios. O controle emocional e combate ao estresse são os primeiros passos para iniciar qualquer tratamento para a queda de cabelo.

Vitaminas

Uma alimentação saudável rica em vitamina e minerais devem ser inseridos no seu cardápio. O tratamento também serve como uma prevenção contínua à queda de cabelo. Você também pode nutrir os fios com suplementes vitamínicos contendo as seguintes substâncias:

  • Ferro
  • Ácido Fólico
  • Inositol
  • Zinco
  • Betacaroteno
  • Cromo
  • Vitamina A
  • Vitamina B (B3,B6, B5, B12)
  • Vitamina C
  • Vitamina D
  • Vitamina E
  • Ácido Fólico

Shampoos

Existem inúmeros shampoos no mercado capazes de auxiliar nos tratamentos para a queda de cabelo. Mas é necessário saber escolher o observar a composição correta do produto.

É fundamental que você cheque o nível de PH do shampoo antes de comprar. O ideal é ter entre 5,5 e 8. Evite produtos com níveis pobres de PH e também que contenham lauril sulfato de sódio para formação de espuma. Essa substância pode causar sérios danos no couro cabeludo, piorando ainda mais a queda de cabelo.

Tônicos capilares

Existem variados tipos de tônico capilar que fazem parte dos tratamentos para a queda de cabelo. Alguns tratam a seborreia, ouros estimulam o crescimento, ajudam a fortalecer os fios, previnem a proliferação de fungos e nutrem os cabelos. E tem aqueles que ajudam na queda de cabelo.

Mudança de hábitos

Mude seus hábitos, começando pela alimentação, pode parecer estranho mas os alimentos fazem o cabelo crescer. Opte sempre por comidas saudáveis que dão mais energia ao corpo. Além de permitir que seu corpo lide melhor com o estresse também vai ajudar para o fortalecimento capilar.

Evite alimentos pobres em calorias. Esse tipo de comida priva seu corpo de vitaminas, gorduras saudáveis e nutrientes importantes para o organismo. Não se esqueça de ingerir muitas proteínas durante o tratamento para a queda de cabelo, pois os fios são compostos pelas proteínas, e quanto mais você ingerir, mais saudáveis serão.

Tratamentos para a queda de cabeloDicas de tratamentos para queda de cabelo que pode ser feito em casa

Tratamentos caseiros

Está sem dinheiro para investir em tratamentos para a queda de cabelo com remédios? Neste caso, você pode optar por tratamento caseiros. Existem muitos que podem ser feitos em casa. Ajudam a manter o couro cabeludo saudável e promovem o crescimento.

Experimente usar babosa, gérmen de trigo, óleos essenciais de abacate ou alecrim. Esses tratamentos ajudam a melhorar as condições que estimulam a queda de cabelo. Também acabam com a oleosidade ou falta de hidratação.

Tratamentos naturais

Para os tratamentos para a queda de cabelo em casa, você vai utilizar produtos com propriedades naturais, com plantas medicinais e fitoterápicas. Além de ajudar contra a queda, irão fornecer nutrientes suficientes para deixar seu cabelo mais sedoso e volumoso.

Confira alguns ingredientes que podem te ajudar no tratamento:

  • Creme de amoreira: as folhas de amoreira ajudam na circulação permitindo melhor absorção dos nutrientes, mantendo os fios fortes e nutridos.
  • Gérmen de trigo: tem o poder de suprir os fios com os nutrientes que estão faltando. É muito poderoso contra a queda de cabelo.
  • Babosa: a baba encontrada no interior da planta tem o poder de hidratação e fortificação do bulbo capilar. Faz com que os fios sejam restaurados e fazem crescer cabelo onde há falhas.
  • Manjericão: as folhas do manjericão reduzem coceira e promovem o crescimento dos fios, além de melhorar a circulação sanguínea do couro cabeludo.
  • Cebola: rica em enxofre, facilita a circulação do sangue nos folículos pilosos reduzindo a inflamação. Também tem o poder de combater bactérias que infeccionam o couro cabeludo, responsáveis pela queda de cabelo.

Riscos e perigos de tratamentos caseiros para queda de cabelos

Como já citamos anteriormente, existem vários tratamentos para a queda de cabelo. Porém, somente o médico dermatologista poderá diagnosticar corretamente seu problema e indicar o tratamento adequado, que podem ser remédios ou tratamentos caseiros.

Se o seu problema de queda de cabelo for causada por hormônios, não vai adiantar em nada você tratar em casa e por conta própria, pois nada irá funcionar. Somente o médico é quem irá prescrever o remédio que melhore a aparência de seus fios e acabe com a queda.

Novos e modernos tratamentos caseiros para queda de cabelos

Felizmente os avanços tecnológicos têm oferecido muitos tratamentos para queda de cabelo. Eles são cada vez mais eficientes. Prometem e realizam a cura, ou a redução dos impactos causados pela queda de cabelo.

Tratamento para a queda de cabelo com uso de luz de LED

Utilizar equipamentos que emitem luz de LED são boas alternativas como tratamento para a queda de cabelo. Eles podem ser utilizados em casa e são extremamente seguros. Bonés e capacetes podem ser utilizados por alguns minutos durante o dia e trazem resultados muito bons contra a queda.

Um desses dispositivos é o Capellux. Ele tem a função de interromper a queda, recuperando os fios que ainda não atrofiaram, fazendo com que cresçam mais fortes e saudáveis. Trata-se de um dispositivo em forma de boné, composto por 198 LEDS que irradiam todo o couro cabeludo de forma homogênea. Quer saber mais como ele pode te ajudar?

Confira o artigo sobre como o Capellux funciona.

Neste artigo vimos que há inúmeras formas de tratamentos para a queda de cabelo. Antes de qualquer tratamento você deve consultar um médico dermatologista para saber qual a causa do problema. Desta forma, será possível verificar qual o tratamento mais indicado para a queda de cabelo.

Quer saber mais sobre como parar a queda de cabelo, baixe nosso e-book sobre como parar a queda de cabelo.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.